Métodos, materiais e formas de colar, o que você precisa saber para colar o acrílico do jeito certo!

26/10/2016

O acrílico como um material bonito e versátil é usado para fabricar os mais diversos objetos, com os mais variados fins. Uma das etapas da produção, a colagem do acrílico, deve ocorrer num lugar ventilado, o material deve estar limpo e com bom acabamento, com materiais de EPIs, seguindo as informações do fabricante da cola.

 

Materiais para colar o acrílico 

 

Para a colagem do acrílico é necessário:

  1. Aplicador de cola com ponta de agulha (como uma almotolia);
  2. Bandeja (para a colagem por imersão);
  3. Fixadores ou pinos e;
  4. Grampos, pesos, etc.

 

Métodos para colar o acrílico 

São vários os métodos de colagem, entre eles:

  1. Colagem por capilaridade: com fitas adesivas ou gabarito para marcar como as peças devem ser coladas. Para chapas mais grossas use fios ou arames (exceto de cobre). Já nas chapas mais grandes use fio de nilon a cada 600 mm. Aplique a cola e aguarde de 45 a 60 segundos, no caso das maiores aguarde mais um tempo, retire os calços e aplique um leve força até a total fixação. Para segurança recomenda-se a continuação do procedimento após 3 horas;
  2. Colagem por imersão ou absorção: despeje a cola na bandeja, e coloque a peça que deve ser colada, para não molhar as laterais coloque alguns fios (ou o que for melhor, conforme a espessura da placa de acrílico), aguarde mais de 40 segundos. Escoe o excesso de solvente, após 30 segundos aplique uma leve força para empurrar as bolhas, mantenha firme durante 15 a 30 minutos para endurecer e aguarde 3 horas para continuar a fabricação e;
  3. Colagem com cola viscosa: esta cola deve ser usada em pequenos espaços, onde a colagem por capilaridade ou imersão não são possíveis. Para a aplicação utilize espátula, pincel ou aplicador e fita adesiva resistente a solvente para não sujar outras áreas.

 

Formas de colar o acrílico 

As formas de colar o acrílico são:

  1. Colagem face a face: com espaçadores entre as placas, aplique a cola a 1/3 de distância das bordas. Pode ser adotado o método de dobradiça com a aplicação de fita adesiva para unir um dos lados da placa e então com a cola baixar lentamente o acrílico;
  2. Colagem de topo: numa base plana, deixe uma distância de 0,8 mm entre as placas, vede em baixo para a cola não escorrer, aplique a cola no vão entre as placas de forma contínua para não criar bolhas e sempre colocando um pouco a mais para compensar a contração. Para placas menores de 0,8 mm recomenda-se que a união de topo seja em V e ângulo de 5 a 10°, enquanto que para as mais espessas este ângulo deve ser menor.
  3. Colagem em ângulos: nesta colagem é necessário gabaritos que fixem as placas na posição em que devem ficar. É necessário deixar um pedaço extra para colocar a cola e segurar o excesso, após você pode dar o acabamento tirando o excesso com uma fresa. No caso de chapas esquadrejadas e regulares é recomendado o uso de cola polimerizável (cola e catalisador).

 

Basicamente, não é complicado fazer a colagem de placas de acrílico, basta você utilizar os materiais adequados, num ambiente nem muito quente e nem frio e da forma correta que tudo sairá bem.

Para saber mais sobre o acrílico, entre em contato com a nossa loja e conheça a qualidade dos nossos serviços e produtos!

 

Aproveite as nossas promoções!

 

Gostou? Curta, comente e compartilhe com seus amigos!

Métodos, materiais e formas de colar, o que você precisa saber para colar o acrílico do jeito certo!

Voltar

Orçamento

Gostou dos nossos produtos? Então faça uma cotação online, sem compromisso. É rápido e fácil.

Fazer cotação
UA-50120507-1